quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

MASTOPEXIA

A mastopexia levanta os seios sem alterar seu tamanho - confere aos seios uma aparência mais jovem e discreta.
Mulheres com seios caídos e pequenos podem se beneficiar da combinação da mastopexia com a mamoplastia de aumento - ou seja, levantar e aumentar os seios.
Tecnicamente, realizar esta combinação em uma única operação é muito difícil. Por esta razão, muitos cirurgiões plásticos executam primeiro a mastopexia e alguns meses mais tarde a mamoplastia de aumento.
A mastopexia apresenta um elevado grau de satisfação - além de promover a melhora estética, também oferece um significante alívio psicológico.
A MASTOPEXIA É DOLORIDA?
Provavelmente haverá desconforto e dor por alguns dias após a mastopexia. Para o cirurgião plástico é fundamental que a paciente não tenha experiência de dor; é muito importante que ela seja capaz de descansar e curar-se. Portanto, ele receitará a adequada medicação para alívio da dor.
Algumas pacientes sentem pouca dor, enquanto outras sentem muita. Embora a mastopexia seja uma extensa cirurgia, a maioria não relata ocasiões de dores, apenas desconforto.
Não é necessário ficar de cama mais de um ou dois dias após a cirurgia. Pode-se usar os braços se o movimento não provocar dores.
Pode-se voltar ao trabalho após uma ou duas semanas e dirigir após uma semana. Os exercícios físicos podem ser retomados após três semanas. Geralmente após o primeiro mês é possível apreciar e enquadrar o novo tamanho e forma dos seios à imagem corporal.
POSSÍVEIS COMPLICAÇÕES NA MASTOPEXIA
Quando falamos de complicações na mastopexia não significa que elas realmente aconteçam - naturalmente, o cirurgião plástico especializado em mastopexias é capaz de avaliar durante a consulta todos os riscos preexistentes.
As possíveis complicações na mastopexia são:
perda de sensibilidade
A sensibilidade do mamilo, da aréola ou da pele pode ser reduzida ou perdida após a mastopexia. Os nervos que promovem a sensibilidade local não são visíveis e, por isso, é impossível para o cirurgião plástico evitá-los. A perda temporária de sensibilidade pode prolongar-se por um ou dois anos. A perda permanente ocorre em menos de cinco por cento dos casos. Quanto maior forem os seios, maior a possibilidade de perda de sensibilidade.
cicatrizes
A cirurgia plástica deixa cicatrizes como qualquer outra cirurgia. O segredo dos cirurgiões plásticos é esconder as cicatrizes em dobras naturais do corpo, aplicar técnicas exclusivas na arte da cirurgia plástica e a devida preparação dos pacientes. Mas na mastopexia a cicatriz fica ligeiramente visível nos seios (?) . Se a paciente seguir a risca as recomendações do cirurgião, as cicatrizes vão sarar e alcançar uma boa aparência.
assimetria
Após a mastopexia, alguns traços dos seios podem ficar ligeiramente diferentes um do outro. A maioria das mulheres, mesmo com seios perfeitos, tem seios naturalmente diferentes um do outro. Na maioria dos casos, pequenas diferenças são aceitas pelas pacientes e não requer uma cirurgia de revisão. Se a assimetria é uma questão importante para você, discuta isto com o cirurgião plástico.
No caso de um dos seios ser muito maior que o outro, durante o procedimento, o cirurgião plástico vai remover mais tecido do seio maior para igualar ao menor. Porém não há maneira científica de julgar quanto tecido extra deve ser removido. A experiência do cirurgião plástico faz a diferença neste momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário